Background

Blog

Importância do Estudo e do Profissional de Arquitetura para Restaurantes

A arquitetura é responsável pela harmonização e design dos espaços e ambientes, envolve uso de elementos de beleza estética, a funcionalidade, a escolha de materiais, das técnicas de construção, o melhor aproveitamento da luz solar e espaços, o abrigo das intempéries e muitos outros pontos relevantes para o aproveitamento das características da estrutura física e a finalidade do empreendimento.

Os ambientes que recebem clientes sempre devem contar com cuidados especiais, para que o receptivo seja um diferencial e um atrativo a mais. Em restaurantes existem diversas peculiaridades, além do espaço de degustação e ambiente propicio para a área de alimentação, o layout da cozinha e áreas de preparo dos alimentos também exigem empenho especial, já que a imagem, organização e design demonstram o apreço e dedicação da equipe e dos proprietários.

Desde antes do início do projeto deve-se estabelecer o local, objetivos, conceitos e estruturas, perfil do empreendimento, potencial clientela, potencial de crescimento, expectativa de investimento, constituição do negócio e sócios envolvidos.

Também é relevante o registro e influência da concorrência, definição do valor médio de venda do mercado; projeção de faturamento – mínimo e máximo; projeção de ganho (custo X matéria-prima X valor da venda); investimento com projetos, obras e equipamentos; custos operacionais diretos e indiretos; estimativa de mão de obra e impostos incidentes.

Para a localização é importante analisar os acessos, trânsito local, entorno, prédios vizinhos e estacionamento ou vagas para os veículos. O posicionamento da área do restaurante (área social, de permanência e uso dos clientes) é essencial para o projeto, que deve privilegiar as melhores vistas externas e paisagens. Acesso dos clientes deve ser sempre facilitado, não havendo interferência ou obstáculo na entrada.

Os ambientes internos requerem atenção em relação ao conforto térmico, e sempre que possível utilização de ventilação natural e, se necessário emprego de ventilação com ar-condicionado em temperatura próxima a 22 graus Celsius e umidade relativa do ar em torno de 55%. A iluminação adequada é fundamental e torna o ambiente muito mais agradável e aconchegante, com o aproveitamento da luz natural, que além de agradar gera encomia de energia elétrica e sustentabilidade para o restaurante.

O mobiliário e decoração também contribuem para tornar a experiência do cliente única e especial. Objetos e móveis que remetam ao conceito escolhido, com conforto e aconchego para o ambiente é primordial, fazendo com que o consumidor permaneça mais tempo e assim, amplie o seu tíquete médio de consumo.

O profissional qualificado e adequado para contribuir e fortalecer os negócios é o arquiteto, que após a concepção do conceito e dimensionamentos básicos inicia o processo de branding, estudo da marca, posicionamento, criação de identidade do estabelecimento com um único objetivo – causar uma experiência exclusiva, diferentes de outros lugares e fidelização do cliente e da sua marca.

Dúvida e Informações

Solicite mais informações